quarta-feira, 3 de setembro de 2014

solem et lunam - o sol e a lua

ela: Luna vitae meae (lua da minha vida)

ele: quia sol et stellae es me (para mim,es o sol e as estrelas)

ela: omnes cosmos (todos os cosmos)

ele: omnia luminaria (toda luz)

ela: omnes gentes (todas as nações)

ele: omnis splendor (todo o brilho)
et refugium meum, (meu refugio)
anima mea, (alma minha)
amor meus  (amor meu)
me sine te esse (sem ti, não sei ser eu)

ela: obliviscaris quomodo ad respirandum (esqueço como se respira)
amor meus (amor meu)

ele: spatio non potuit, quin ut quam primum ad decorem tuum (a distancia não poderia afastar o teu brilho de mim)
soles es et luna (és meu sol e eu sou sua lua)
sine luce non esset me (sem tua luz não haveria um "eu")

ela: luna mea tu es, et in tua suavitate alliciebat inruet (lua minha tu és, sem tua magia, encanto e fascínio)
Nolo (não haveria "eu)
Spatio vacuo (apenas um vácuo no espaço)



</3